How to Repurpose Your Big Data

Are you thought about the level of sustainability of your results from big data projects. I suspect that is the time to start. In the Bigdata’s year, the hope from these projects is to give insights for better business decisions but also set new ways to get revenues. If you realized with me this expectation, what organizations will want do with these projects without guarantees that the new revenues will be continued? Let’s look this article!

http://www.dataversity.net/repurpose-big-data/

ROI da Governança de Dados

140128_154924648[1]

Estava conversando com meu advogado há alguns dias e ouvi uma frase que fez todo o sentido: “Quem tem a informação, tem o poder”.
Desde os primórdios, em meados da década de 1980, até a avalanche que hoje nos inunda mostrando que a informação é o ativo mais importante das organizações, não há como negar que máximas como esta acima irão nortear os negócios nos próximos anos, talvez permanentemente.

140128_154929938[1]

Mesmo com os gaps bem claros para a empresa, é necessário convencer os executivos de que a solução para estes gaps é a implementação da governança de dados. Mas como fazer isso de forma assertiva? A forma mais comum é buscando um forte caso de negócio (business case).

Não se pode pensar em implementar algo que é inovador e que muda a cultura de sua empresa sem manter-se atualizado com as melhores práticas de mercado. Quando o objetivo envolve uma mudança na cultura de uma empresa é necessário o entendimento de como esta mudança se encaixa como uma evolução de tudo já está consolidado na organização. Ao manter-se conectado com as experiências que os pares estão tendo nestas mesmas inovações, identificamos muitos aceleradores que podem tornar o desafio do business case um pouco melhor “impossível”.

Colocando “a mão na massa”…
Tenha em mente que para calcular o ROI é necessário identificar os maiores problemas com os dados. Aqueles que geram maiores custos e são rotineiramente classificados como “custos desnecessários ou re-trabalho”. Categorize estes problemas, estabelecendo uma ordem de prioridade orientada ao quanto seria economizado se estes fossem evitados. Após isso, a análise mais aprofundada dos problemas mais prioritários proverá insumos de valores ao mapeamento. O link claro com gaps que apontaram para a implementação da governança de dados como solução devem ser sempre validados ao longo das análises.
Importante: Identifique pequenas e significantes entregas para mostrar o valor da governança de dados. Não tente fazer algo grande demais sem que todo o apoio executivo esteja consciente do valor agregado e comprometido com os preços desta mudança organizacional.
O artigo que inspirou os comentários segue abaixo.

http://www.information-management.com/news/the-roi-of-data-governance-10025266-1.html

 

A situação da qualidade de dados

Esta foi uma pesquisa realizada pela Experian que nos trouxe de uma forma muito direta um diagnóstico da qualidade de dados nas empresas.
A imagem demonstra claramente que enquanto não priorizarmos resolver os problemas que nos geram maiores impactos, estaremos assumindo nossa aceitação destes impactos em nossa organização.
De acordo com a pesquisa, se uma empresa não se preocupa de forma ostensiva com o significado de seus dados e informações (metadados) e com uma única versão da verdade (ex.: Dados Mestres), está assumindo um gasto muitas vezes exponencial com tentativas do BI de gerar uma visão única das informações para orientar as decisões do negócio.
O que geralmente acontece é que a esta visão do problema é captada pelas áreas mais protagonistas em relação à qualidade dos dados e estas começam a desenvolver iniciativas paralelas e desconexas para resolver o problema. Neste momento criamos uma outra situação muito difícil de resolver num futuro próximo. Os níveis de qualidade da mesma informação variam de área para área da empresa e algumas áreas, mesmo sem a responsabilidade de ser a fonte adequada de um tipo de informação, vira a “preferida” da empresa. Os custos para entender os processos de qualidade de cada área é exponencial pois cada uma delas buscava resolver o seu problema local.
Há uma necessidade urgente da implementação assertiva da governança da qualidade de dados corporativa. Esta abordagem irá potencializar as iniciativas atuais e garantir a sustentabilidade da gestão da qualidade das informações da empresa.

The state of data quality

The White House on Big Data and Privacy

We are in the center of a revolution of our way to live! If you only have concern with atomic data, you need to change your vision right now. Our data base fields will make real difference when associated with others data base fields and be turned in AN INFORMATION RELEVANT. All of our life is around data. Doctors understand us through data analysis and the same occurs in other areas of our life. This is the real change that is happening… Look below one more evidence of this:

http://www.dataversity.net/white-house-big-data-privacy/